Consultório de Tricologia

O que faz com que os cabelos fiquem brancos?

O que faz com que os cabelos fiquem brancos?

À medida que o tempo avança, nossos cabelos passam por uma transformação inevitável, ganhando tons de branco e cinza que são frequentemente associados ao envelhecimento. Esse fenômeno é conhecido como canície, mas o que realmente está por trás dessa mudança de cor tão marcante? Vamos mergulhar nos aspectos científicos e genéticos que nos ajudam a entender por que nossos cabelos perdem sua cor original.

Image description
Guia Profissional para a indicação de Shampoos e Condicionadores

Descubra os segredos da Indicação Assertiva de produtos capilares no Homecare e conheça a ciência da tricologia e da terapia capilar, que fornece conhecimentos essenciais para profissionais que desejam orientar seus clientes/pacientes na escolha adequada de produtos para cuidados capilares, e também para aqueles que almejam aumentar suas rendas na indicação e vendas de produtos para uso em homecare, através do alcance de resultados assertivos.

Saiba mais...
O papel da genética
A canície é uma mudança de cor natural que ocorre nos cabelos à medida que envelhecemos. Ela é caracterizada pelo aparecimento de fios brancos e grisalhos, que são causados pela diminuição da produção de melanina, o pigmento que dá cor aos cabelos.
A canície é uma condição hereditária. Isso significa que os genes influenciam não apenas a cor original dos cabelos, mas também quando e como eles começam a perder sua cor. Um gene específico chamado IRF4 desempenha um papel fundamental na produção e distribuição de melanina. Variações nesse gene podem determinar se os cabelos brancos aparecem mais cedo ou mais tarde em nossas vidas.

O mistério da melanina
A melanina é produzida por células especializadas chamadas melanócitos. Existem dois tipos principais de melanina: a eumelanina, que dá cores escuras, e a feomelanina, que produz tons mais claros. À medida que envelhecemos, os melanócitos começam a morrer e a produção de melanina diminui gradualmente. Isso significa que a variedade de pigmentos disponíveis para colorir os cabelos diminui, resultando nos fios brancos e grisalhos que vemos.

O enigma do estresse oxidativo
O estresse oxidativo é um processo que ocorre quando há um desequilíbrio entre os radicais livres, moléculas instáveis que causam danos celulares, e os antioxidantes, que os neutralizam. À medida que os radicais livres danificam nossas células, incluindo os melanócitos, a produção de melanina pode ser afetada. Além disso, o estresse oxidativo pode estimular a morte celular programada, conhecida como apoptose, contribuindo ainda mais para a perda de pigmentação.
O estresse, a ansiedade, o ritmo de vida acelerado, a má alimentação, o tabagismo, o consumo excessivo de álcool, o sedentarismo, a poluição, a pouca higienização do couro cabeludo e dos cabelos, o uso de produtos capilares inadequados e muito outros fatores associados a um estilo de vida ruim contribuem para acelerar o aparecimento de cabelos brancos.

A dificuldade e resistência dos cabelos brancos à coloração
Além de compreender as causas da canície, muitos enfrentam o desafio de colorir os cabelos brancos. Devido à falta de pigmentação de base, a porosidade aumentada e as mudanças na textura, cabelos brancos tendem a resistir à fixação da cor. Uma barreira pode se formar entre as cutículas e o córtex capilar, dificultando a aderência dos pigmentos. Isso torna a coloração uma tarefa desafiadora, exigindo cuidados especiais, produtos de qualidade e, em muitos casos, a assistência de um profissional.

Olhando para o futuro
Embora ainda haja muito a aprender sobre os intricados detalhes da canície, os avanços científicos nos aproximaram de desvendar os segredos por trás dessa mudança de cor. À medida que a pesquisa continua, quem sabe quais novas terapias e abordagens poderão emergir para atrasar ou até reverter a canície. Por enquanto, o entendimento cada vez mais profundo da genética, da bioquímica e dos processos celulares nos leva a uma apreciação mais completa das nuances dos nossos cabelos em constante transformação.

À medida que exploramos as complexidades da canície, torna-se evidente que nossos cabelos brancos têm uma história fascinante e um processo de transformação único. Embora a canície seja inevitável com o passar do tempo, sua compreensão aprofundada nos permite enfrentar esse processo com confiança.
A dificuldade e resistência dos cabelos brancos à coloração podem ser superadas com os cuidados certos e produtos de qualidade. Mais importante ainda, lembramos que a cor do nosso cabelo não define nossa beleza nem nosso valor. Cabelos brancos podem ser tão elegantes e impressionantes quanto qualquer outra cor. Portanto, que possamos abraçar nossos cabelos brancos com gratidão pela jornada que eles representam e pela história que eles contam sobre nossas vidas vividas com sabedoria e experiência.

Sobre o Autor

Tarsila Silva, Farmacêutica Esteta e Tricologista, Docente da Academia Brasileira de Tricologia, Pós-graduanda em Tricologia e Ciência Cosmética, Expert em Tricologia Clínica, Especialista em Farmácia Estética e Qualidade e Segurança no Cuidado ao Paciente, proprietária do Consultório de Saúde Capilar e Estética na Cidade de Três Rios/RJ.

Posts Recentes

Categorias

  • Tricologia